domingo, 3 de maio de 2015

Sugar free


Eu, como de costume, escolhendo os piores horários para lhes escrever, aqui exatamente 05:00 da manhã começo o meu pequeno testemunho de reclamações quase semanais/mensais sobre nossas amigas ana/mia.

Eu preciso dessa vez é da opinião de quem passa por isso para apenas saber se o que eu passo também se passa com todo mundo, ou eu sou uma "exceção" (o que eu duvido muito), então... Vamos lá amigos, vamos começar.

segunda-feira, 30 de março de 2015

Empiricamente exausto e insatisfeito


Ha, novidade, volto eu com meus lamentos e insatisfações, é difícil manter esse blog, vocês não fazem ideia de quanto. Queria ser mais ativo e pode postar mais, mas eu nunca passo por tantas mudanças significativas que sejam interessantes escrever pra vocês.

Minha maior dificuldade esses tempos além de perder peso é lidar com uma imensa cobrança que eu tenho em mim para ser bem sucedido em tudo que eu quero e/ou desejo fazer, um problema super psicológico que atinge tanto meu exterior quanto meu interior, me desmotivando a fazer tudo, causando uma enorme exaustão mental (e as vezes corporal).

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Talvez


Talvez eu tenha desaparecido, talvez eu queira desaparecer, talvez eu continue me esforçando e talvez não. Chega uma hora que o questionamento constante invade a nossa cabeça e nos faz ficar mais confusos sobre o que estamos fazendo, eu não morri, ainda estou aqui, quer ouvir minha história? Ela é tímida, não é para todos, se a você interessa? Hmm... Talvez.

Nesse tempo de sumiço, ganhei um computador quebrado, o que dificultava muito minha vida de vir até o blog, pois me recuso a ir em uma lanhouse. Mas bem, tudo se resolveu praticamente agora, então eu posso voltar, na verdade, bastante das coisas voltaram, minhas aulas, minha vontade de emagrecer cada vez mais, junto de uma amizade consolidada com a ana e a mia.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Dias de 38


Eu sei que fiquei um bom tempo sem postar, não vou mentir, era por falta de vontade, o que eu mais queria era não ter nada para fazer, nem mesmo apertar algumas teclas e montar um texto. Já fazem dias desde o meu último "testemunho", teria muitas coisas para contar, mas prefiro avançar o assunto e resumir tudo o que anda acontecendo.