domingo, 14 de dezembro de 2014

Eu, minha culpa e Franol


Só quero compartilhar com vocês um pouco do que ando fazendo, não para fazerem igual, mas para ter alguém para conversar sobre o assunto, alguns de vocês vão entender e até dizer que já passaram/passam pelas mesmas situações, não sei se é uma coisa boa, afinal, nós fazemos muitas coisas erradas.

A vontade e o querer nos cansam e a vontade de desistir é enorme, o problema é quando desistir não é mais possível, eu percebi que mudei, vocês também mudaram, tenho certeza, não estou me despedindo, nem nada parecido, só quero dar uma introdução ao post que gera cansaço para quem lê e para quem escreve.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Eu quero dominar o meu mundo


Aleluia, eu apareci, pois é... Passei um tempo distante daqui, mas não por falta de vontade (foi quase obrigação), sabe aquele final de semestre sinistro onde você perceber que não vai ter tempo nem para respirar?! Foi assim... Cheio de obrigações, correria e junto a tudo aquela infinita sensação de insatisfação que não está apenas no mundo acadêmico, eu explico:

sábado, 15 de novembro de 2014

Milk... Shake?


Primeiramente me desculpem caso eu demore para postar ou responder os comentários, mas sempre lerei tudo! Bem... Vamos lá, apesar do título, isso não tem nada a ver com sorvete e leite batidos com alguma coisa no liquidificador, pode ter certeza que não. Duas postagens essa semana? Talvez eu esteja inspirado, ou apenas um pouquinho mais satisfeito para compartilhar algumas coisas...

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Run Benjamin!


Primeiro queria dizer que fiquei animado, por algumas pessoas ja visitarem esse espaço, mesmo que com pouco tempo online, eu espero manter contato com todos que andam por aqui vigiando os posts, procurando novidades, talvez um pouco de incentivo e tudo mais!

Aaaahh, nessa fase final do ano, os estudos começam a consumir mais a minha cabeça, me deixando desconcentrado dentro e fora de uma sala de aula, como eu vou me controlar?! Como de costume de um(a) Ana/Mia é sempre estar insatisfeito (pelo que leio por aí), prezo aqui minha insatisfação (enorme por sinal), pois bem...

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Por que?


São tantas as perguntas, melhor eu começar a explicar...

Podem me chamar de Benjamin, ou Benji, preciso ter um nome para vocês.

Comecei a ser pró Ana e Mia desde um certo dia em que fui a um evento e não me lembro por qual motivo escutei um "- Sai gordo" que veio acompanhado de um empurrão gratuito, apesar de todos dizerem "Você não é gordo" e coisas do tipo, eu sabia que era enorme, não costumava ligar para opinião alheia em infinitos aspectos da minha vida, mas sabe... Todos os que eu admirava tinham os corpos bonitos e eu não. Eu não conseguia ir a uma loja e encontrar uma roupa que ficasse boa ou servisse.

Sabe o que é ir até uma loja com número no máximo 44 e nenhuma calça servir?! Deprimente, mais deprimente quando você tem o dinheiro, pode comprar e nada te veste. Após esse "acontecimento super legal" de ter sido chamado de gordo em público, eu decidi:

Aperte o play


Estou começando o blog para contar um pouco sobre como um menino lida com a Ana e Mia, muitos ainda pensam que é uma coisa "de mulher", eu penso diferente. Já aviso, não faço apologia, nem quero que sigam meu exemplo, todos sabemos o que é certo e o que é errado. Não quero mídia, não quero exposição, nem quero ser notado, na verdade, eu quero, pelo que os seus olhos enxergam, e que pese menos na balança do que na consciência.